domingo, agosto 26, 2007

Só tem uma resposta.

Já imaginou quantas pessoas no mundo estão, nesse exato momento, achando que gostam mais de uma outra pessoa que de si mesmas? Já imaginou quantas magoam sem saber, quantas magoam mesmo sabendo (após descobrir que amam-se muito mais), e quantas são magoadas?
Todos os problemas do mundo parecem insignificantes perto do seu coração partido. No entanto, o que parecia já estar partido ainda pode partir-se muitas vezes; enquanto os tais problemas mundiais continuam, e surgem novos...
Já imaginou pessoas no mundo estão, nesse exato momento, rindo a gargalhadas de um momento maravilhoso?
Já imaginou quantas fazem rir pra esconder uma tristeza, quantas choram sem saber que são felizes, e quantas riem apenas superficialmente?
Eu não consigo pensar em nada enquanto rio. Apenas naquele som irregular, que sai involuntariamente, muitas vezes cativa os outros ou os faz rir. Então poderia se chamar de riso, até aquilo que é falso? .
Agora, vá, dentro de sí e me diz: quer sorrir ou chorar? sorrir o amor ou chorar o cólera?
-nani

4 comentários:

nani_mesmo disse...

eu disse que ninguem comenta nessa jossa!

Ciça disse...

dá pra ver teias de aranha!
;D
(bom ter voce de volta!)

bena disse...

Apesar de'u ter lido isso a muuuuuuuuito tempo resolvi deixar um comentário hj pela falta dos mesmos e para encorajar vcs a fazerem novos posts. Também quero mandar um beijo para a girafa e para a elefanta e dizer que adoro vcs! E... girafa... adorei a reflexão.
até a próxima.

Dias de chuva disse...

Parabéns pelo ótimo texto, caiu como uma luva!!! Trabalho com pesquisa e produção de elenco, vc é de SP?